A qualidade da justiça depende do advogado que você contrata.

Reflita sobre esses pensamentos.


“HÁ GRANDES HOMENS QUE FAZEM COM QUE TODOS SE SINTAM PEQUENOS. MAS O VERDADEIRO GRANDE HOMEM É AQUELE QUE FAZ COM QUE TODOS SE SINTAM GRANDES”. (Charles Dickens)

"Sempre me sinto feliz, sabes por quê? Porque não espero nada de ninguém. Esperar sempre dói. Os problemas não são eternos, sempre tem solução. O único que não se resolve é a morte. A vida é curta, por isso ame-a! Viva intensamente e recorde: Antes de falar... escute! Antes de escrever... pense! Antes de criticar... examine! Antes de ferir... sinta! Antes de orar... perdoe! Antes de gastar... ganhe! Antes de render... tente de novo! Antes de morrer... viva!" (Shakespeare)



"Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz"
"Seigneur, faites de moi un instrument de votre paix"
"Lord, make me an instrument of your peace"
"Señor, hazme un instrumento de tu paz"
"Signore, fa di me uno strumento della tua pace"
"A QUALIDADE DA JUSTIÇA DEPENDE DO ADVOGADO QUE VOCÊ CONTRATA."

Pesquisar este blog

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

NOMES NADA COMUNS

É sabido no meio jurídico que o nome é o elemento responsável por identificar cada ser humano, atribuindo-lhe caráter personalíssimo, e o diferenciando dos demais. Inicia-se com o registro que, em regra, acontece logo após o nascimento, e acompanha a pessoa natural por toda a vida, podendo haver reflexos, inclusive, após sua morte.

Ademais, é obrigação dos pais efetivarem, com prioridade, o registro de nascimento dos filhos, que é feito no Serviço de Registro Civil das Pessoas Naturais do lugar do parto ou da residência dos pais, conforme art. 50, da Lei dos Registros Públicos (Lei n. 6.015/73), devendo o registro civil ser um retrato fiel da realidade.

Mas, acontece, geralmente, de alguns pais fugirem da realidade e da coerência, quando se trata do registro de nascimento dos filhos, vez que terminam escolhendo nomes, os quais, no futuro só trarão constrangimentos para os seus titulares (os filhos).

Para ilustrar o que se disse acima, segue uma lista de alguns nomes estranhos, que foram registrados em cartórios de todo o Brasil. Lista que, por oportuno, convém esclarecer que, não tem a finalidade de ridicularizar ninguém, mas sim demonstrar que às vezes a criatividade de certos pais pode trazer problemas futuros aos filhos.

Então, vejamos uma relação de nomes, que foi colhida em listas públicas e através de pesquisas realizadas juntos aos cartórios, bem como, obtidas por autores de livros especializados:

Abecê Nogueira
Abrilina Décima Nona Caçapavana Piratininga de Almeida
Acheropita Papazone
Adegesto Pataca
Além Mar Paranhos
Alfredo Prazeirozo Texugueiro Alma de Vera
Amado Amoroso Amazonas Rio do Brasil Pimpão
Amim Amou Amado
Amor de Deus Rosales Brasil
Ana Maria Mosca
Analgesina Costa Pinto
Barrigudinha Seleida
Bende Sande Branquinho Maracajá
Benemérita do R. Grande
Benvinda Olga
Boaventura Torrada
Bom Filho Persegonha
Brasil Paraná de Cristo
Caius Marcius Africanus
Cafiaspirina Cruz
Capote Valente
Carabino Tiro Certo
Cavalo Antônio
Céu Azul do Sol Poente
Chevrolet da Silva Ford
David Leão Pão Trigo
Delícia Costa Melo
Deus É Infinitamente Misericordioso
Deusarina Vênus de Milo
Dezêncio Feverêncio de Oitenta e Cinco
Diana Soppa
Eliene Bubina
Emerson Capaz
Eraldonclóbes
Espere em Deus Mateus
Fé Esperança e Caridade
Felicidade do Lar Brasileiro
Flávio Cavalcante Rei da Televisão
Galenogal de Silva
Gengis Khan Camargo
Gilete Queiroga de Castro
Gol Santana Silva
Inocêncio Coitadinho Sossegado
Irisdelfane Clei
Isabel Rainha da Hungria Portugal Silva
Jacinto Leite Aquino Rêgo
Jacinto Pinto
Janeiro Fevereiro de Março Abril
João Cólica
João da Mesma Data
João Sem Sobrenome
Joaquim Pinto Molhadinho
Jovelina Ó Rosa Cheirosa
Jubiratan Carneiro
Loprefâncio Celestino Jacy de Almeida
Luciana Torpedo
Luis Grampeado
Maria da Boa Morte
Maria da Segunda Distração
Maria do Seu Pereira
Maria do Sô Anternor
Maria Esposa de Jesus
Maria Panela
Maria Passa Cantando
Maria Tributina Prostituta Cataerva
Naida Navinda Navolta Pereira
Napoleão Bonaparte Sem Medo e Sem Mácula
Necrotério Pereira da Silva
Pália Pélia Pólia Púlia dos Guimarães Peixoto
Passos Dias Aguiar
Paulo Tapioca
Percilina Pretextata Predileta Protestante
Placenta Maricórnia da Letra Pi
Remédio Amargo
Restos Mortais de Catarina
Rolando Caio da Rocha
Rolando Escada Abaixo
Segundo Clenildo Rodrigues
Sete Rolos de Arame Farpado
Simplício Simplório da Simplicidade Simples
Tertuliano Firgufino
Tigalphinezer Fernando Lima
Tom Mix Bala
Última Delícia do Casal Carvalho
Um Dois Três de Oliveira Quatro
Vicente Mais ou Menos de Sousa

Nenhum comentário: